Ovos de Páscoa: como fazer uma tabela e calcular preços

Coelhinho da páscoa que trazes pra mim? Ovos de páscoa?

Se você trabalha vendendo ovos de páscoa a resposta para essa pergunta é “muitas vendas”. Mas para a época mais doce do ano não se tornar amarga é preciso saber como alcançar esse objetivo.

Além de um produto de qualidade uma das primeiras coisas a se fazer é estipular o preço correto.

Para isso você deve considerar alguns fatores como custos (não só dos produtos), tempo de produção, mão de obra e até mesmo considerar algum diferencial que o seu produto tem, o valor agregado que traz ao cliente. Mas cuidado com esse último item para não deixar os seus ovos de páscoa serem atingidos pelo raio gourmetizador. 

Aqui nesse artigo vamos te dar o passo e o que deve ser considerado para calcular o preço correto dos seus ovos de páscoa e fazer dessa época doce para você e seus clientes.

Como calcular preço de ovos de páscoa

Custos

O primeiro fator que consideramos são os custos que temos para a produção. É importante considerar TODOS os custos e não somente dos ingredientes. Os custos devem abranger tudo que é usado desde a produção do ovo, até a embalagem e entrega se houver essa opção.

Ou seja, você deve considerar ingredientes, embalagem, utensílios (por exemplo, as formas), gás, luz e água.

Para água, luz e gás que não temos como saber exatamente o quanto é gasto especialistas recomendam adicionar 10% ao valor total.

Veja um exemplo de como calcular os custos.

Vamos supor que o valor total dos ingredientes já somando os 10% das despesas com água, luz e gás ficou em R$ 200,00 e você produziu 20 ovos de páscoa. Então, o valor de custo de cada ovo de páscoa é R$ 10,00.

Mas não é só isso, vamos ao próximo fator a ser considerado.

Tempo de Produção

No tempo de produção nós devemos considerar não somente o tempo que você gasta preparando os ovos nas cozinha. Você deve considerar o tempo gasto comprando os produtos, preparando os ovos, embalando e também o tempo de limpeza do ambiente que você usa para produzir os seus ovos de páscoa.

Vamos então considerar que somando todo esse tempo, desde a compra dos produtos, produção do ovo até a embalagem e limpeza, você gastou 5 horas para produzir os 20 ovos de páscoa. Que totaliza um tempo de 15 minutos por unidade.

Então você já sabe o preço do custo e quanto tempo leva para produzir cada unidade. Chegou a hora de transformar a variável tempo em valores.

Para isso é preciso fazer uma pesquisa de mercado e descobrir o valor base da remuneração base praticada para essa indústria na sua região. Essa parte pode parecer um pouco mais difícil mas com uma rápida pesquisa na internet ou mesmo perguntando para outras colegas que trabalham com isso você encontra essa informação.

 

Calculando…

Vamos à um exemplo prático, supondo que o salário base de quem produz ovos de páscoa na sua região seja R$ 1.000,00 por mês, esse valor deve ser dividido por 220, que é o número de horas trabalhadas padrão permitido por lei. Dividindo 1.000/220 = R$ 4,54 e é esse o valor por hora pago para uma pessoa que trabalha produzindo ovos de páscoa.

Você já sabe o valor por hora trabalhada agora você deve dividir por 60 minutos (1 hora) e multiplicar pelo tempo que gasta para produzir cada unidade. Veja o exemplo, 4,54 / 60 = 0,30.

0,30 x 15 = 1,13. Ou seja, R$ 1,13 é o valor do tempo gasto para produzir cada unidade.

Toda essa conta pode parecer difícil, soma, divide, multiplica, mas não é. Faça o exercício quantas vezes precisar, e se estiver inseguro, peça ajuda.

 

Preço final de venda dos ovos de Páscoa

Vamos resumir os passos anteriores de forma prática e simples:

Devemos somar o valor do custo + valor da mão de obra.

Vimos no primeiro passo que o valor de custo por unidade dos ovos de páscoa é R$ 5,00.

Já o valor da mão de obra por unidade é R$ 1,13.

Sendo assim, 10 + 1,13 = 11,13

R$ 11,13 é o preço final do seu produto.

Os valores acima são meramente ilustrativos para que você entenda como calcular o preço dos seus ovos de páscoa. Há ainda algumas outras variáveis a serem consideradas como técnicas especiais, conhecimento, etc. Além disso é muito importante fazer uma pesquisa de mercado e descobrir os preços praticados na sua região.

Outra fator importante a considerar é o poder aquisitivo do seus clientes. Não adianta você querer vender um produto de R$ 100,00 se o seu público alvo tem um salário mínimo como remuneração mensal.

O mais importante valorize o seu trabalho, busque inovar, surpreenda o seu cliente, estipule um preço justo, assim com certeza ele não só vai reconhecer e comprar o seu ovo de páscoa como vai indiciar para todo mundo.

E para finalizar…

 

Você já estipulou o preço do seu produto, mas sabe como divulgar?

Uma lista de preço bem feita com um design profissional aumenta as suas chances de venda pois o seu cliente já vê a qualidade e o capricho do seu trabalho antes de comprar.

No Desygner você encontra modelos gratuitos incríveis de tabelas de preços, basta editar com os seus dados.

Assista um rápido tutorial sobre como criar e editar sua tabela de preços no Desygner e depois clique no botão abaixo para criar a sua.

 

Confira no nosso blog outras dicas de marketing, empreendedorismo e vídeos tutoriais, acesse Blog Desygner Português.

Criar tabela

 

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.